especial para o meu irmão

Não é por que ele é meu irmão, mas o Fred é gente finíssima. Sabe aquele cara legal, bem-humorado, sempre pronto para ajudar, e ainda por cima casou-se com uma moça excepcional – eles formam um casal admirável.

Alguns anos atrás meu irmão pediu que eu tricotasse um gorro do Corínthians para ele. Primeiro pensei em tricotar o escudo do time em jacquard. Ao analisar o escudo do Timão vi que os pequenos detalhes, em especial os dizeres e a bandeira do estado de São Paulo, não ficariam bem representados em um jacquard de tamanho pequeno.

tricô em prosa - gorro rhombix

Minha segunda ideia foi tricotar um gorro preto com algumas listras vermelhas e brancas e depois aplicar um bordado do escudo. Comprei dois escudos muito bem acabados, feitos de um plástico macio e de tamanho pequeno. Ótimo, pensei, agora é só tricotar um gorro e deixar um espaço para aplicar o escudo. Por mais que procurasse receitas nas quais eu pudesse incorporar a logo, nenhuma me agradou.

A essa altura eu estava me sentindo frustrada. Dois anos querendo tricotar algo simples, um gorro do Corínthians, mas nada me dava aquela vontade de tricotar. E eu queria muito tricotar um gorro para o Fred… Quer saber, dane-se! Vou criar uma receita de gorro especialmente para o meu irmão e sem escudo algum!

tricô em prosa - gorro rhombix

Escolhi um ponto de tricô e comecei a tricotar uma amostra em meados de julho desse ano. Lavei, medi a amostra, fiz algumas contas básicas e (finalmente!) pude montar os pontos do gorro do Fred.

Tricotar o gorro foi muito gostoso! E quando experimentei, gostei tanto que fiquei muito tentada a não entregar o gorro para o meu irmão. Queria o gorro para mim! Problema resolvido facilmente: tricotei vários gorros em sequência.

tricô em prosa - gorro rhombix

O ponto do gorro é composto de colunas de pontos torcidos que são trançados formando losangos. Como é fácil de memorizar, torna-se meio viciante ver os losangos tomando forma enquanto tricotamos. É uma peça que se tricota muito rápido, principalmente quando sabemos trançar sem agulha auxiliar.

O fio Paris é uma delícia de tricotar e de usar, mas dos quatro novelos que comprei, dois estavam partidos ao meio unidos por um nó. Nada legal.

Outra coisa estranha que notei é que os novelos de cor preta e vermelha são extremamente macios e deliciosos ao tato. Já o de cor branca é áspero, nem parece que tem algodão em sua composição. Ainda não sei o que vou fazer com o gorro de cor branca.

É muito importante molhar o gorro depois de pronto. As tranças ficam bem mais definidas, muito mais bonitas e a tensão da trama fica homogênea. Sempre aproveito a ocasião para lavar a peça deixando-a molho em água com um pouco de sabão líquido próprio para lavar roupas. Enxaguo várias vezes e aperto a peça numa toalha limpa para remover o excesso de água antes de colocá-lo para secar.

Gosto de usar um balão, desses de festas, para secar o gorro por inteiro. Antes de começar a encher o balão, passo-o rapidamente em água corrente para tirar qualquer resíduo que possa vir na embalagem.

Outro #gorro na caneca! #knitting #tricô #tricot

A post shared by Blog Tricô em Prosa (@tricoemprosa) on


Não se deve encher o balão todo de uma só vez e depois passar o gorro por cima porque isso pode esticar excessivamente a barra do gorro e fazê-la deformar. É melhor encher o balão só um pouco, colocá-lo dentro do gorro úmido e continuar enchendo até que ele se ajuste ao gorro. Em geral, o gorro preenche dois terços do balão. Coloco o balão em uma caneca e assim o gorro seca por igual. E depois de seco, eu furo o balão.

A receita do gorro foi disponibilizada em português e em inglês. Até agora tricotei quatro gorros mas tenho certeza que muitos outros ainda virão!

Receita: Gorro Rhombix, criação de Valéria Garcia
Fio: Círculo Paris nas cores 630 (preto), 636 (vermelho) e 631 (branco)
Composição: 55% acrílico, 45% algodão
Agulhas: circular número 3,00 e 3,50mm de 1 metro de comprimento

Veja esse gorro no Ravelry

Anúncios

10 respostas em “especial para o meu irmão

  1. Nem sei do q gostei mais, se do gorro tecido com a perfeição de sempre ou se da fantástica dica do balão? As grandes ideias são sempre simples, dificil é tê-las! Adorei. Obrigada. Bjo

  2. Valéria, como sempre, um trabalho absolutamente impecável. Não por acaso! Não! Tudo pensado, provado e comprovado, como se conclui pela leitura do seu texto. Não há duvida que o talento dá imenso trabalho!
    Parabéns pelo resultado incrível!
    Beijo da Nina

  3. Prá variar só um pouquinho ficou lindo,rsrsrs,brincadeira …tudo oq vc faz fica divino,sou sua fã de longa data😍…..

  4. Boa noite!!!!!! Como sempre amiga Valéria, é emocionante qdo vc posta uma receita e cta as suas histórias das peças! Amo e curto mto!!!!! Adorei, ficaram lindos, parabéns , Tdo que vc faz fica perfeito, lindo !!!! Pq faz com amor e nós dá de presente, obrigada 😘💋💞🙋🏻

  5. Bom dia!!!, A cada ponto, uma história, contada com detalhes com requinte.
    O Fred, é um felizardo, em ter uma mana, com mãos de fadas. Parabéns
    querida amiga, tudo que é feito, é uma dádiva a todas nós.
    Beijão.

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s