lobo em pele de casaco de bebê

Eu quase cheguei às lágrimas por esse casaco de bebê. Quase. Parece mamão com açúcar quando lemos a receita. E eu li a receita várias vezes. Tricotei a amostra, uma vez que a autora da receita, Elizabeth Zimmermmann, apenas diz que os “bebês vêm em vários tamanhos”.

Os problemas foram surgindo assim que montei os pontos. A frequência da carreira de aumentos que forma a pala do casaco foi o primeiro entrave que encontrei. Da maneira que compreendi, os aumentos seriam trabalhados no lado avesso e depois no lado direito e por fim no lado avesso novamente. Para mim isso não fazia sentido. Então eu trabalhei a carreira de aumentos na frequência que fazia sentido para mim.

February Baby Sweater

Assim que concluí a pala me dei conta de que eu deveria ter acrescentado as casas dos botões desde as primeiras carreiras. Tudo bem, desmanchei tudo e montei os pontos do casaco novamente. Afinal, havia tricotado apenas a pequena pala do casaco. Para não perder a frequência dos aumentos da pala e a frequência das casas dos botões, decidi escrever cada carreira da receita. Ajudou muito!

Tive muitas dúvidas a respeito do tamanho do casaco. Eu queria tricotá-lo para um bebê de 3 a 6 meses. Eu precisava saber quantos centímetros a pala deveria ter e também qual seria o comprimento da manga. Pesquisei na internet algumas tabelas com tamanho padrão de bebês e baixei esse arquivo PDF mas não conseguia adaptar a receita. Foi quando me lembrei de uma dica que li no grupo de discussão Crazy Knitting Ladies, onde a Beatriz Medina sugeriu comprar uma camiseta de bebê do tamanho desejado e se basear nas medidas dela para tecer o casaco. Pois foi isso que fiz. Comprei uma camiseta de manga longa, tamanho 0-3 meses. Funcionou direitinho.

February Baby Sweater

E as lágrimas? Estava quase terminando de tricotar o corpo quando percebi que fiz a quarta casa de botão na carreira errada. Percebi esse erro muitas carreiras mais tarde. Foi frustrante, desmanchei carreiras e mais carreiras, e finalmente refiz a casa de botão na carreira certa.

February Baby Sweater

Agora, olhando para o casaco, acho que valeu o esforço.

Receita: February Baby Sweater por Elizabeth Zimmermann
Fio: Pingouin Noblesse
Agulha: circular número 4,00mm

Este projeto no Ravelry

I almost came to tears because of this baby sweater. Almost. It seems as easy as a piece of cake when we read the pattern. And I read the pattern several times. I knitted the gauge, once the author of the pattern, Elizabeth Zimmermmann, only says that “babies comes in various sizes”.

Trouble were presented as soon as I casted on the stitches. The frequency of the increasing rows that makes the yoke of the sweater was the first problem I faced. The way I understood while reading the instructions, the increases would be worked on the wrong side, then on the right side and the last one on the wrong side again. It made no sense for me. So I worked the increasing row at a frequency that made sense for me.

As soon as I concluded the yoke I found out that I should had made the buttonholes since the start of the yoke. All right, I frogged it all and casted the stitches on again. After all, I had only knitted the little yoke of the sweater. In order to take track of the frequency of the increases of the yoke and the frequency of the buttonholes, I decided to write down every row of the pattern. It helped a lot!

I had lots of doubts regarding the size of the sweater. I wanted to knit it for a 3-6 months baby. I needed to know how many centimeters the yoke should have and also what would be the size of the sleeves. I researched the internet and found out some tables with standard babies measurements and I’ve downloaded this PDF file but I couldn’t adapt the pattern. Then I remembered a tip I read on Crazy Knitting Ladies discussion group, in which Beatriz Medina suggested buying a T-shirt of the size of the baby and knit the sweater based on its measurements. So that’s what I did. I bought a long sleeved T-shirt of size 0-3 months. It worked just fine!

And the tears? I was almost finishing the body when I found out I misplaced the forth buttonhole. I found out this mistake many rows later. It was frustranting, I frogged rows and rows and finally placed the buttonhole correctly.

Now, looking at the sweater, I feel it was worth it!

Pattern: February Baby Sweater by Elizabeth Zimmermann
Yarn: Pingouin Noblesse
Needle: circular US #6 / 4,00mm

This project on Ravelry

Anúncios

27 respostas em “lobo em pele de casaco de bebê

  1. Oi Valéria,

    que lindo. E suas anotações são um tesouro precioso, de fato um trabalho que contribui para a criação de um repertório de conhecimento publico sobre essa coisa fantástica chamada tricô.
    Grande abraço,
    Edna

  2. Duas dicas para pensar, não sei se dariam certo.
    Primeiro, no caso do esquecimento das casas de botões, talvez refazer o trabalho apenas nas duas úiltimas casas e os demais botôes, pregados apenas como enfeite (neste caso a blusa seria colocada pela cabeça).
    Segundo, em costuras, temos os moldes, feitos em papel, para nos dar o tamanho da peça, inclusive, nele, podemos fazer ajustes:acrescentar mais ombro, diminuir ou alargar as mangas, decotes, comprimentos, etc. Vejo que algumas tricoteiras trabalham com estes moldes em papel.
    Adorei seu poste porque nos ajuda a sermos mais pacientres conosco mesmas, quando erramos.Muitas vezes achamos que só nós é que erramos. Precisa ser muito transparente (= honesta), corajosa, capaz e humilde para admitir os erros. E nos ajuda a continuarmos com a estima elevada.
    E a blusinha hein? Demais de linda!!!
    Vale a pena qualquer esforço (aliás não vale somente “a pena”esta vale a galinha inteira, rs…).Bjs…

    • Obrigada Olenka!

      Você tem razão, no fim das contas, vale muito o esforço sim!

      A camiseta foi o substituto do molde! Funcionou direitinho, comprei logo três tamanhos: 0-3 meses, 3-6 meses e outra que é 9-12 meses.

      Ah, e eu não me esqueci da casa do botão: eu fiz a quarta casa na carreira errada. Os três primeiros botões seguiram o espaçamento correto. O quarto botão ficou visivelmente muito longe do terceiro. Não teve remédio a não ser desmanchar e fazer de novo.

      Eu acho que cometi todos os erros que se podia cometer ao tricotar esse casaquinho. Esses erros eu não cometerei mais!

      Beijo grande,
      Valéria Garcia

  3. Valéria,
    Só de ler tudo que você descreve já me senti atrapalhada. rs
    Mas o resultado foi ótimo, valeu muito as vezes que foi desmanchado. Parabéns!!
    Bjnhos

  4. Querida vc real/te é minha inspiração, para continuar trilçhando o delicioso caminho do bem tricotar, parabéns !!

  5. Quem nunca se enrolou com uma receita, que atire a primeira agulha?
    Você não faz idéia o baile que levo de vez em quando. Desmanchar faz parte do aprendizado.
    Mas o mais importante é para variar o projeto ficou totalmente fofo, como tudo que vc. tece.
    Bjs,
    Grace

  6. Valéria

    Valeu cada dificuldade que tu passou.
    Ficou tão lindo e perfeito, que as tuas lágrimas tiveram um final mais do que feliz, com certeza.
    E a gente sabe o valor de um trabalho destes pra gente.
    Já te disse que tu é a minha musa inspiradora?
    Um dia quero ser igualzinha a ti.
    bjos

  7. Valéria, acho que foi um belo aprendizado, mesmo com lágrimas. O casaquinho ficou lindo.
    Gostei também da dica das camisetas, eu também sempre fico em dúvida quanto ao tamanho correto.

    bjs

  8. Oioi, ficou lindo! Eu comecei a fazer um e acabei desistindo, de tão enrolada a tal da receita. Penei em quantos pontos aumentas nas mangas….. lendo muitos relatos, descobri. Só ainda não criei coragem…

  9. Valéria, vc partilhar suas dificuldades demonstraram a pessoa especial que vc é.Obrigada por nos estimular a ir adiante, enfrentando as dificuldades para chegarmos a um resultado tão belo qto o seu.
    Bjos

  10. Pra variar, mais uma peça linda feita por você…. mesmo com um pouco de stress ela não perdeu a beleza e o bebê ficará muito fofo usando ele….. Parabèns…
    Beijinhos,

  11. Valeria, o casaquinho ficou lindo, um trabalho super bem elaborado. Senti por todas as dificuldades por que passou… porem, o mais importante e’ que valeu muito todos os percalcos. Parabens!

  12. Simplesmente maravilhoso! Ficou um casaquinho super chique, numa cor bem clássica! Gostei muito muito!

    Beijo, Fabi

  13. Oi Valéria! bem, a cabeça da EZ e um enigma, eu sei quanto pastei com o BSJ, depois de tudo que você falou eu nem me atreveria a fazer o February, não tenho tanta paciência como você, e claro que o esforço valeu a pena e muito, ficou lindo seu casaquinho.BJO!

  14. Olá Valéria! Eu também tentei fazer o February 2 vezes e me perdi totalmente nos aumentos, além de a segunda versão ter ficado enorme ( segui a amostra da receita e saiu para um bebe gigante). Desmanchei tudo e estou tentando pela terceira vez, inspirada pelo seu resultado final, acho que agora vai!!

    Bjs

  15. Valéria, nunca ví um blog como o seu…
    Todo seu carinho em partilhar seus trabalhos magníficos e ainda colocar as receitas com tanta riqueza de detalhes.
    PARABÉNS.
    Estou começando a tricotar, e vc é uma inspiração…
    Meu sonho é um dia conseguir fazer um casaquinho desses…
    Fique com DEUS…bj

  16. Olá Valeria,
    Parabéns, realmente ficou perfeito! Não consegui pegar a receita pelos links apontados, vc pode me ajudar? É a sua própria q vc disponibilizou? Segundo, onde vc comprou essa lã, a cor está de muito bom gosto tbm! E terceiro, por acaso aceita encomendas? Obrigada e bjs

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s