na estrada tecendo meias-luvas

Com malas prontas para passar uma semana na casa de meus pais, sou tomada por um excesso de otimismo. Coloco na sacola de tricô: a) um casaco de criança que falta embutir os fios, costurar os bolsos e pregar os botões; b) um xale tricotado até a metade; c) 100 gramas de fio para tricotar um novo par de meias; e d) 45 gramas do fio que restou desse par de meias para tricotar um par de meias-luvas.

[tricô em prosa.com] meias-luvas fallberry

A sacola ficou cheia de boas intenções, mas minha atenção se voltou inteiramente para as meias-luvas. Me apaixonei por essa receita e há um mês venho tentando tricotá-las usando apenas 30 gramas do fio que restou desse par de meias.

Na primeira tentativa, segui à risca as instruções da receita para tricotar o tamanho maior. Na segunda tentativa encurtei o punho. Diversas tentativas depois, não importa o que eu modificasse, sempre faltava fio. Definitivamente, não daria para usar 30 gramas para tricotá-las.

[tricô em prosa.com] meias-luvas fallberry

Dada a perspectiva de passar sete horas no banco do passageiro, foi esse o projeto que escolhi para tricotar na estrada. Assim que a viagem teve início, montei os pontos usando a montagem norueguesa (também chamada de antiga montagem alemã), que cria uma borda bem elástica que gosto de usar quando tricoto meias.

Montei sete pontos a mais que a quantidade recomendada para o tamanho maior, ou seja, 56 pontos. O ponto da meia-luva é muito bonito, fácil de memorizar além de ser elástico, ele adapta-se bem ao punho e à palma da mão.

[tricô em prosa.com] meias-luvas fallberry

Nesse projeto aprendi uma técnica nova para mim, o arremate incrivelmente elástico da Jeny, que adorei! Como o arremate usual, passa-se um ponto sobre o outro, mas antes é preciso preparar cada ponto que será arrematado usando laçada inversa para o ponto meia e laçada usual para o ponto tricô. É esse preparo do ponto que atribui a alta flexibilidade da borda criada por ele.

Esse arremate é simples, rápido e não requer que o fio seja cortado. Esse vídeo excelente da Cat Bordhi ensina esse arremate e ainda mostra como fazer um acabamento perfeito no final.

Ah, sim! Depois de prontas, o par de meias-luvas pesou 40 gramas.

[tricô em prosa.com] meias-luvas fallberry

Eu nunca tive tantas peças iniciadas antes, no máximo dois projetos em andamento. Uma vantagem de ter tantos projetos iniciados é que quando aparece algum tempinho para tricotar, basta escolher um deles e mandar bala! Mas me estranha o fato de levar muito mais tempo para se terminar alguma peça.

Mas atenção, eu não estou dizendo que isso seja um problema. Agora que retornei à minha casa terei a prazeirosa missão de terminar cada um dos projetos iniciados, um de cada vez! Que alegria!

Receita: Fallberry Mitts por Anne Hanson 
Fio: Shepherd Sock Solid de Lorna’s Laces na cor Cranberry
Agulha: jogo de 5 agulhas de pontas duplas número 2,50mm / US# 2 ½

Veja este projeto no Ravelry

Anúncios

10 respostas em “na estrada tecendo meias-luvas

  1. Valéria, estas luvas são lindas. Eu já teci duas vezes e adorei o resultado.
    O arremate da Jeny eu usei no casaco Girl Friday e ficou ótimo. Eu não conheço a montagem norueguesa mas vou dar uma espiada.
    É bom ter vários projetos nas agulhas, você pode escolher o que der vontade de tecer no dia mas é claro que sempre demora mais para terminar. O perigo é desistir de um ou outro pelo caminho. rs

    bjs

  2. Bem ambicioso seu projeto da sacola cheia rss e como é teimosa! eu também faço isso, tô vendo q o fio não vai dar e continuo rss
    Adorei as luvas, super lindas e bem ajustáveis não?
    bjinhos e parabéns

  3. Oi Valeria

    Obrigada pelos elogios, eu admiro muito seus trabalhos e fico muito feliz em saber que voce gosta do meu.
    Alias suas luvas ficaram lindas, muito bem feitas como tudo o que voce tece e essa cor é maravilhosa

    Um beijao
    Patty

  4. Obrigada por partilhar sempre Valéria. Já vi o vídeo e vou aplicar a técnica nas minhas humildes meínhas e em tudo mais que eu conseguir. Beijos, boa semana.

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s