meias Baudelaire: simplesmente inebriantes

Minha primeira meia tricotada dos dedos para cima. Na verdade, é a terceira versão!

Meias Baudelaire

A primeira versão foi tricotada com agulhas número 2,50mm. Conforme progredia, experimentava a meia tranquilamente. Depois que terminei o calcanhar e avancei para a perna comecei a ter dificuldades em vesti-la pois o meu calcanhar não passava pela perna da meia.

A questão é que na altura da perna o painel de folhas da parte frontal é repetido na parte traseira, o que reduz bastante a elasticidade da trama. Além disso, as laterais que dividem os painéis de folhas era composta de uma trança de quatro pontos entre duas faixas de três pontos tricô, o que também não contribui para melhorar a elasticidade.

A designer Cookie A oferece uma alteração para aumentar o dorso da meia fazendo uma manobra na qual a trança de quatro pontos passaria a ser uma trança de oito pontos. Mas eu não consegui fazer essa manobra de maneira alguma…

Meias Baudelaire

Parti para a solução mais rápida: desmanchar apenas a perna e tricotá-la novamente usando agulhas número 2,75mm e agulhas número 3,00mm nos últimos 10 centímetros. A circunferência aumentou o suficiente para que meu calcanhar passasse, com certo esforço. Eu conseguia calçar a meia, mas as tranças laterais da perna praticamente desapareceram, pois a trama ficou extremamente esticada. Decididamente, não estava nem um pouco bonito.

Resolvi alterar os pontos laterais entre os dois painéis de folhas. No lugar de uma trança de quatro pontos entre as faixas de ponto tricô eu tricotei uma barra 2×2 que é bem mais elástica. O toque foi trançar as colunas em meia a cada 4 voltas. O preço dessa solução foi desmanchar a meia até os dedos para refazer as laterais do painel de folhas desde o início e assim garantir uma transição uniforme ao atingir a altura da perna. Também acrescentei 8 pontos para que a volta da perna ficasse com 72 pontos no total e não os 64 previstos para o tamanho médio. Essa solução achei bem mais agradável visualmente:

Meias Baudelaire

O bom de tricotar meias é que são rápidas, não são nem um pouco entediantes e são facilmente transportáveis. Some-se à isso o fato de que o ponto de folhas das meias Baudelaire ser muito fácil de memorizar. Delícia!

Receita: Meias Baudelaire por Cookie A
Obs: acesse a tradução autorizada dessa receita
Fio: Heritage Solids & Quatro Colors da Cascade Yarns na cor Ameixa
Agulha: Jogo de cinco agulhas de pontas duplas número 2,5mm, número 2,75mm e número 3,00mm

Veja esse projeto no Ravelry

This is my first toe-up socks. In fact, it’s the third version!The first version was knit with US 1½ needles. As I progressed, I would try it and it was all right. After finishing the heel, I started the leg and began having problem to try it because my heel wouldn’t pass through the leg of the sock.

The issue is that the at the leg, the frontal panel of leaves is repeated at the back and it reduced it’s elasticity. Besides that, the sides that divide the panel of leaves have a four stitch cable between two bands of three purl stitches, which doesn’t increase the elasticity.

Designer Cookie A offers a modification to increase the gusset by doing a manouver in which the four stitch cable would became an eight stitch cable. But I didn’t managed to do this manouver…

At first I headed to the faster solution: frog only the leg and knit it again using #US 2 needles and #US 3 needles on the last 4 inches of the leg. The circunference increased enough to suit my heel and it passed through the leg, with a little effort. I could try the socks, but I could hardly see the cables at the sides of the leg because the knit was extremely stretched. Definitely, it wasn’t beautiful at all.

I decided to alter the side stitches between the two panels of leaves. Instead of a four stitch cable between the bands of purl stitches I knitted a 2×2 ribbing which have more stretch. I added one small detail by twisting the knit stitches of the ribbing every 4 rounds. The price of this solution it that I had to frog the sock till the toe and redo the sides of the front panel of stitches since the beggining and therefore assuring an uniform transition when reaching the leg. I also added 8 stitches so that the round of the leg would have 72 stitches instead of the 64 stitches expected for the medium size. I found this solution much nicer, visually speaking:

It’s good to knit socks because their fast projects, they’re not boring at all and they’re easily portable. Plus, the pattern of leaves of Baudelaire sock is very ease to memorize. It’s a joy!

Pattern: Baudelaire Socks by Cookie A
Yarn: Heritage Solids & Quatro Colors da Cascade Yarns – colorway Plum
Needles: Set of five double pointed needles US 1½, US 2 and US 2,5

See this project at Ravelry

Anúncios

15 respostas em “meias Baudelaire: simplesmente inebriantes

  1. Lindas!! Você vai nos brindar com a receita em português? Espero ansiosamente!! obrigada Abs.

  2. É bom saber da praticidade em tricotar meias. Nunca me aventurei mas, com toda esta facilidade que vc explicou, deve ser a melhor forma para desenvolvermos pontos novos pois é fácil de “voltar atrás” para recomeçar a fazer o certo, qdo erramos.
    Obrigada, e é uma pena que os pontos não tenham dado a elasticidade com a receita original mas como vc é decidida e competente, seguiu em frente e contornou o problema.
    Bjs…

  3. Vc é muito corajosa, já na primeira meia uma receita tão elaborada e linda é digna de parabéns.eh Volto pra ver essa coisinha linda pronta. Bjss

  4. Bom dia! A saída que vc bolou ficou muito bonita também. Você já experimentou fazer aumentos em tricô antes e depois dos motivos em folhas? Eu digo isso pq faço meias à máquina (do cano para a ponta dos dedos) e sempre começo com mais pontos e vou diminuindo de maneira espaçada até acabar com a última diminuição no calcanhar. Um beijo e bom tricô.

    • Bom dia, Cláudia! Foi exatamente assim, trabalhando aumentos nos pontos em tricô, que eu acrescentei os 8 pontos à perna da meia! Ficou perfeito! Obrigada e feliz tricô para você!

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s