tentação

Desde que retomei o tricô em 2008, tenho me dedicado a tricotar gorros, meias e outros projetos pequenos. Várias vezes me senti tentada a tricotar um suéter, mas o fato de ter de costurar as mangas me causava muita ansiedade. Talvez essa ansiedade tenha sua origem em um pulover que tricotei e que não ficou legal. Era bege e alternava tranças com barra 3×3. Era um modelo simples, mas ficou com as mangas enormes, muito justo e mal passava pela minha cabeça. Desastre.

Ainda em 2008, comprei o livro Knitting Without Tears, de Elizabeth Zimmermann e li repetidas vezes sobre o método de tricotar um suéter da barra para cima. Esse método seria perfeito para aplacar a ansiedade das costuras do pulover já que não é necessário costurar quase nada, apenas pouquíssimos pontos debaixo do braço. Após anos de ensaio decidi montar os pontos do meu primeiro suéter utilizando esse método.

Escolhi uma receita grátis muito fácil no site Knitty: o suéter Tempting, da Jenna Adorno. É um suéter de mangas curtas, muito feminino, perfeito para utilizar um fio que estava há muito tempo no meu estoque. E como o fio que pretendia usar era mais fino do que aquele que a receita pedia, tricotei um tamanho maior.

Tive um problema justamente naqueles pouquíssimos pontos que devemos costurar debaixo do braço. Apareceram dois buracos em cada extremidade dessa costura, ou seja, dois buracos em cada braço. Com a gentil ajuda da Grace consegui fechá-los de uma maneira elegante e eles simplesmente desapareceram! Obrigada, Grace!!!

O resultado final me agradou bastante e utilizei todo o fio que tinha disponível. Talvez eu tricote essa receita novamente, com um fio da espessura pedida pela receita e fazendo as mangas mais longas.

Tempting Tempting Tempting

Receita: Tempting
Fio: Pingouin Perlina – Cor Cereja 353 – 2,5 unid.
Agulha circular núm. 4,00mm / US #6 de comprimento 1,00m / 32”

Since I started knitting again on 2008, I’ve dedicated on knitting hats, socks and other small projects. Many times I felt tempted to knit a sweater, but the fact that I would have to seam the sleeves made me anxious. Maybe that anxiousness was originated years ago when I knitted a sweater that didn’t turn out right. It was beige and alternated cables and 3×3 ribbing. It was simple, but turned out with very long sleeves, way fitted and I could barely pass it though my head. Disaster.
 
Still on 2008, I bought Elizabeth Zimmermann’s book Knitting Without Tears, and read about the method of knitting a sweater bottom-up over and over again. This method would be perfect to fight the anxiouness caused by the seams once it wouldn’t be necessary to seam almost anything, just some stitches underarms. After lots of mental rehearsing, I decided to cast on the stitches of my first bottom-up sweater.
 
I’ve choosen a very easy free pattern at Knitty: Jenna Adorno’s Tempting sweater. It’s a short sleeved sweater, very feminine, perfect for a yarn that was sitting a long time on my stash. And once the yarn I intended to use was thinner than the one required by the pattern, I knitted it one size bigger than mine.
 
I had one small problem exactly on those fewer stitches I had to seam underarms. There were two holes at each extremity of the seam, that is, two holes at each underarm. With the gentil help of Grace I managed to close them in an elegant way and they simply disappered! Thank you, Grace!!!
 
The resulting sweater pleased me a lot and I managed to used all the yarn I had. Maybe I will knit this pattern again, using a yarn of the same weigth required by the pattern and with longer sleeves.
Anúncios

15 respostas em “tentação

  1. Valéria querida,
    Bem vinda ao mundo dos blogs! Você já começou com o pé direito em matéia de tricô. A blusa ficou perfeita. A cor então, nem se fale. Conte com minhas visitas por aqui muitas e muitas vezes, afinal tricô bem feito tem que ser visto e comentado. Um abraço muito afetuoso,
    Grace

  2. Querida, adorei o blog, suas peças são lindas e de muito bom gosto, fiquei super a fim de tentar usar as agulhas, vamos ver se darei conta…rs. Beijos e muito sucesso!

  3. Oi Valéria!
    Adoro todos os seus trabalhos e agora terei oportunidade de apreciá-los mais ainda através do seu blog. Talento tem que ser mostrado, né?
    A blusa ficou maravilhosa. Parabéns!
    bjs

  4. Valéria!

    Que bom que gostou do recadinho!!!

    Mas, também, sua blusa ficou muito linda, mais linda que a da designer!!!

    Parabéns e boa sorte com o blog. Você vai ver que é uma delícia

  5. Valéria, adorei, que trabalho lindo e aproveito pra agradecer a tradução do gorro, obrigada, bom natal e feliz Ano Novo!!!!!

  6. Val, vc começou a sua tempting por baixo, e eu comecei a minha por cima heheh
    nem sabia q era por baixo. Mais parabéns pelo trabalho caprichado.

    humm… agora essas quartzo rosa.. prometem. To na espera para vê-las.
    bjão
    Nei

    • Paula, em resumo fiz assim: a) puxei o fio até fechar o buraco, b) com o excesso de fio que puxei montei pontos extras na agulha, c) ao tricotar a volta, quando alcancei os pontos extras que montei, trabalhei diminuições para retornar à quantidade de pontos pedida pela receita.

      Mais detalhadamente, veja a figura dessa página aqui. Ela mostra uma área vermelha do fio, chamada de “barra entre os pontos”. Foi essa barra que puxei até fechar o buraco e foi com esse excesso de fio que montei os pontos extras.

Quer comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s