coelhinha com vestido de bolinha

Depois de anos e anos de suspiros de admiração, comprei essa receita agora no início de agosto. Não é uma simpatia?

blog Tricô em Prosa - Coelhinha com vestido de bolinha

A receita é excelente. São dezessete páginas de instruções detalhadas e muitas fotografias. A Julie Williams praticamente pega na nossa mão e nos orienta em cada etapa.

Uma semana mais tarde eu já estava montando os pontos da cabeça. Usando as agulhas indicadas na receita, o tamanho da cabeça ficou pequeno. Daí eu acabei usando agulhas de numeração maior que as indicadas.

Bem, tecer a cabeça foi muito rápido. Preencher a cabeça da maneira certa, moldando o focinho e as bochechinhas, demorou um pouco mais, foram duas tentativas. Usei enchimento de fibra siliconada.

Em seguida teci e costurei as orelhas.
blog Tricô em Prosa - Coelhinha com vestido de bolinha

No dia seguinte, bordei as feições morrendo de medo de errar o posicionamento dos olhos. Temia não conseguir a simetria entre eles. Foi a primeira vez que fiz o nó francês. Acho que o fio ajudou muito. Usei Esterlina 5 na cor preta, que é um fio forte, muito bom.

Nenhuma dificuldade em tricotar o corpo da coelhinha.

Em seguida devemos tecer as pernas, que começam pelos adoráveis sapatinhos.
blog Tricô em Prosa - Coelhinha com vestido de bolinha

Foi inacreditável ver os sapatinhos tomando forma. Usei um fio de algodão e não fiz as listras das pernas, deixei-as com uma única cor.

Todas as partes da receita são tecidas abertas e depois costuradas. Mas escolhi tecer os braços da coelhinha circularmente sem costuras. Montei os pontos usando a montagem de Emily Ocker usando agulha de crochê e transferi os pontos para uma agulha circular longa para usar a técnica do laço mágico.

Eu diria que a cada etapa da receita eu temia estragar tudo. Quando chegou a hora de costurar a  cabeça ao corpo, não foi diferente.

blog Tricô em Prosa - Vestido de bolinha da coelhinha

Já o vestido foi tecido em duas tentativas porque ficou muito longo da primeira vez. Na segunda tentativa eu troquei a agulha número 3,5 mm pela de numeração 3 mm.

Essa fotografia mostra o avesso do vestido depois de ser lavado e seco:
blog Tricô em Prosa - Vestido de bolinha da coelhinha

Quando estava costurando o vestido, notei que faltava algo. Eu tinha me esquecido de tricotar a cauda da coelhinha.

Na fase de acabamento, temos tantas pontas para embutir que dá vontade de sentar e chorar. Mas a receita é tão fofa!
blog Tricô em Prosa - Coelhinha com vestido de bolinha

E hoje a Matilda, coelhinha orelhuda, mora lá na casa da radiante Maria Luz!

Receita: Bunny girl in a dotty dress, criação de Julie Williams
Fios:
– Pingouin Noblesse – cor Nínive (70% acrílico / 30% lâ)
– Pingouin Bella – cor preta (100% algodão)
– Pingouin Bella – cor verde (100% algodão)
Agulhas: circulares número 3,75 mm, 3,50 mm e 3,00 mm

Veja essa peça no Ravelry

Anúncios